Agências de viagens devem se credenciar para receber turistas chineses

Brasília – O Brasil, por meio do Ministério do Turismo (MTur), firmou com a Administração Nacional de Turismo da República Popular da China um mecanismo chamado ‘Status de Destino Aprovado’, no qual as agências de viagens brasileiras devem ter autorização para receber grupos de turistas chineses. O cadastro de atendimento ao público poderá ser feito até 22 de dezembro deste ano. A publicação de chamada foi divulgada no Diário Oficial da União e o MTur é o órgão responsável pelo processo.

Para se candidatar, a empresa deve estar regularizada no Sistema de Cadastro de Pessoas Físicas e Jurídicas que atuam no setor do turismo – CADASTUR, declarar-se cientes dos termos do Memorando de Entendimento firmado entre o Ministério e a Administração Nacional de Turismo da China e aceitar os termos de responsabilidade. O resultado da seleção será publicado no dia 29 de dezembro.

O presidente da Embratur (Instituto Brasileiro de Turismo), Vinicius Lummertz, acredita que a medida não representa uma barreira para o turismo brasileiro. “Entendemos a decisão de um País com a cultura diferente da nossa, especialmente quando se trata de garantir a segurança do visitante. Os chineses querem conhecer e desfrutar o melhor do Brasil e os agentes capacitados, entendendo os costumes e preferências do povo asiático, vão garantir que esse turista conheça e se encante com o Brasil”, esclarece.

Lummertz destaca o potencial do mercado, que movimenta 100 milhões cidadãos pelo mundo anualmente. De acordo com o Anuário Estatístico do MTur, apenas 53 mil chineses vieram ao Brasil em 2015. O ministro do Turismo, Marx Beltrão, reforça o posicionamento: “O turista chinês é especial e, se queremos atraí-los para os nossos destinos, temos de nos preparar. Precisamos conhecer os seus interesses, o seu perfil e saber o que chama a atenção deles”.

O cadastro pode ser feito por meio deste link.

Fonte: Embratur – Com informações do Ministério do Turismo