Café brasileiro vence Mundial de Brewers

O produto da fazenda Daterra, do Cerrado Mineiro, foi utilizado pela barista suíça Emi Fukahori, que venceu a competição realizada em Belo Horizonte.

Thais Sousa/tsousa@anba.com.br

Agência ANBA

A barista que representou a Suíça, Emi Fukahori, vence o mundial de Brewers (campeonato para café filtrado) utilizando os grãos brasileiros
A barista que representou a Suíça, Emi Fukahori, vence o mundial de Brewers (campeonato para café filtrado) utilizando os grãos brasileiros

São Paulo – O café da fazenda Daterra, localizada no Cerrado Mineiro, foi utilizado pela barista representante da Suíça, Emi Fukahori, na competição mundial de Brewers (campeonato para café filtrado). Foi com os grãos brasileiros que, na última sexta-feira (9/11), ela se tornou a campeã mundial na categoria. É a primeira vez que o campeonato mundial é sediado no Brasil. A competição ocorreu em Belo Horizonte, durante a Semana Internacional do Café (SIC).

A Daterra é conhecida no setor por ser referência mundial em sustentabilidade. A Fazenda é a primeira do mundo a receber a mais alta certificação de sustentabilidade do selo “Rainforest Alliance – Level A Certification”. Produtora de cafés especiais, a Daterra cedeu para a barista campeã um de seus novos lotes, batizado de Frevo, que foi especialmente torrado para a ocasião. Agora, o restante dos grãos da variedade chamada de Laurina vai à leilão no site da Fazenda.

Além do campeão Frevo, outros 14 cafés que levam nomes de ritmos musicais brasileiros vão ser vendidos ainda verdes para compradores de todo o mundo. O leilão está agendado para o próximo dia 21 de novembro.