Chineses elegem Pantanal para representar o Brasil como melhor destino de viagens incríveis

 Ana Cristina Dib

O Pantanal foi escolhido por aproximadamente 500 mil chineses para representar o Brasil no prêmio “It’s My World Travel Award”, na categoria “experiências de viagens incríveis”. O fortalecimento da divulgação da região, considerada uma das mais propícias para o turismo de natureza no Brasil, foi uma das pautas da reunião realizada nesta quarta-feira (18) entre representantes do Instituto e o secretário adjunto de Turismo de Mato Grosso, Jaime Okamura.

No encontro, ficou acertada a realização de uma visita técnica na região pantaneira, que abrange os estados de Mato Grosso e Mato Grosso do Sul, além do Seminário de Marketing Turístico, que serão promovidos em novembro deste ano, com apoio da Embratur. O encontro tem o objetivo principal de qualificar e preparar profissionais do trade local. Já a visita aos dois estados servirá para que os técnicos do Instituto conheçam mais os pontos turísticos para fomentar o setor.

“A região do Pantanal é considerada uma das mais completas para o Ecoturismo e Turismo de Aventura no Brasil. Por estar nos dois estados, a nossa ideia é unir forças com Mato Grosso do Sul, Embratur e demais entidades nacionais para a melhor promoção do destino em mercados internacionais. Com a devida divulgação, todo o estado ganha, inclusive, outros destinos tão importantes como Nobres e a Chapada dos Guimarães”, destacou o secretário.

Além disso, Jaime Okamura apresentou a proposta de participação do estado durante as ações na ABAV, que irá ocorrer entre os dias 26 e 28 de setembro, em São Paulo. Na programação, haverá a possibilidade de representantes do trade mato-grossense gerar negócios com hosted buyers (compradores internacionais) que estarão na feira como convidados da Embratur.

O secretário apresentou também como está o andamento das tratativas para o novo voo que ligará Santa Cruz de La Sierra, na Bolívia, a capital do Mato Grosso, Cuiabá. A Azul Linhas Aéreas será a responsável pelos voos. A companhia aguarda ainda a autorização do governo para começar a operar.

Participaram da reunião a presidente da Embratur, Teté Bezerra; os diretores de marketing, Walter Vasconcelos, e de Inteligência Competitiva e Promoção Turística do Instituto, Gilson Lira, e a coordenadora-geral Kalinka Cavalcanti.