Cinema Dinamarquês no CCBB DF

Entre os dias 29 de janeiro e 10 de fevereiro, a mostra “CineKlap – Dinamarca em Foco” exibe 16 títulos que abordam arte, urbanismo, gênero, diversidade, política e sociedade

CCBB

Um dos destaques é o longa-metragem “O Conquistador”, estreia do diretor Milad Alami, que retrata imigração e questões diplomáticas. O filme foi vencedor do prêmio New Voices/New Visions do Festival Internacional de Palm Springs, e do Prêmio Silver Hugo do Festival Internacional de Cinema de Chicago. E também o documentário “O Show da Guerra”, de Obaidah Zytoon e Andreas Dalsgaard, sobre o conflito na Síria.

Com a curadoria da produtora culturale consultora Tatiana Groff, em parceria com o Instituto Cultural da Dinamarca (ICD), a mostra foi baseada em alguns pilares estruturais da cultura dinamarquesa e faz parte das comemorações de 10 anos de presença do ICD no Brasil. O objetivo é ampliar o conhecimento do cinema dinamarquês apresentando diversas gerações de cineastas ao público da capital federal.

Como parte da programação, no dia 08 de fevereiro às 19h, haverá um painel onde Tatiana Groff vai abordar arte, cultura, urbanismo dentro de uma perspectiva internacionalista de equidade e diversidade no audiovisual dinamarquês.

Confira a programação aqui.

Cinema Dinamarquês

Nos primeiros anos em que os filmes de ficção eram de longa-metragem, a Dinamarca foi um dos países mais influentes na Europa. Desde então, o país seguiu dando forte apoio à produção cinematográfica e com o passar do tempo o país desenvolveu um modelo inovador que tornou sua indústria sustentável em toda a cadeia produtiva.

A Dinamarca também é uma grande referência mundial em arquitetura e urbanismo e a mostra apresenta essa realidade ao público por meio de filmes como: “Design para a Vida”, de Casper Høyberg, que aborda a trajetória de um dos principais designers dinamarqueses, Børge Mogensen, e “Olafur Eliasson Espaço é Processo”, de Jacob Jørgensen e Henrik Lundøef, sobre o trabalho de Olafur Eliasson, artista dinamarquês reconhecido no mundo por buscar criar instalações que mudem não apenas o espaço ao redor, mas a mentalidade das pessoas que vivem nas cidades.