Criada a Igreja Ortodoxa da Ucrânia

Foi criada hoje (5) a Igreja Ortodoxa da Ucrânia na Turquia, formalizando uma cisão com a Igreja Ortodoxa da Rússia, à qual estava ligada desde 1686. O Patriarca Ecumênico de Constantinopla, Bartolomeu I, assinou os “tomos” (decretos) em Istambul diante de clérigos e do presidente ucraniano Petro Poroshenko.“A devota população ucraniana tem esperado por este dia abençoado por sete séculos completos”, afirmou Bartolomeu I em seu discurso.

Igreja3O patriarca, considerado “primeiro entre iguais” no Cristianismo Ortodoxo, disse que os ucranianos podem, agora, desfrutar do “presente sagrado da emancipação, independência e autogoverno, libertando-se de toda intervenção externa”.

Poroshenko agradeceu Bartolomeu I “pela coragem de tomar essa decisão histórica” e disse que “entre as 15 estrelas das igrejas Ortodoxa do mundo, uma estrela ucraniana apareceu”, referindo-se ao número atualizado de igrejas que não respondem a uma autoridade externa.

Igreja1No mês passado, líderes Ortodoxos Ucranianos aprovaram a criação de uma nova e unificada igreja, separada, independente do Patriarcado de Moscou.