Dia da Vitória é comemorado em Bangladesh

Bangladesh6Embaixada do país em Brasília celebrou a data especial para o povo bengalês

Raquel Pires (com informações de O Globo)

Fotos: Divulgação/Embaixada de Bangladesh

Bangla3O embaixador Zulfiqur Rahman promoveu evento especial na sede diplomática, no dia 16 de dezembro, para festejar Bangladesh como estado independente. A comunidade bengalesa que vive em Brasília participou de uma cerimônia cívica, seguida por um almoço com comida típica daquele país.

Primeira Ministra Sheikh Hasina presta homenagem aos mártires da Independência
Primeira Ministra Sheikh Hasina presta homenagem aos mártires da Independência

Em Bangladesh, o presidente e a primeira ministra permaneceram em silêncio solene por algum tempo como um sinal de respeito pelas lembranças dos mártires e depois colocaram coroas no Memorial Nacional em Savar, nos arredores da capital.

Desde que foi criado, em 1947, o Paquistão nunca teve unidade, sendo cortado ao meio pelo Paquistão Oriental e Ocidental. As duas metades eram habitadas por diferentes etnias, que falavam línguas distintas e tinham como único ponto de contato o islamismo. Os conflitos chegaram ao auge em 1971, levando o Paquistão Oriental a se proclamar Estado independente e se tornar a República Popular de Bengala – ou Bangladesh. No dia 16 de dezembro, o governo provisório foi reconhecido pelos vizinhos Índia e Butão, sendo conhecido como o Dia da Vitória.

Seis vezes maior e bem mais rico, o Paquistão Ocidental era sede de todo o poder político e empresarial da República, enquanto o Oriental sofria com pobreza, desastres naturais e poucos investimentos. Foi nesse contexto que o xeque Mujibur Rahman levou a Liga Auami, partido oposicionista, a vencer as primeiras eleições gerais convocadas no país, em 1970.

Banglades8Mas o líder paquistanês, Agha Muhammad Yahya Khan, não permitiu que a Assembleia se instalasse e que Mujibur se tornasse primeiro-ministro. Em vez disso, prendeu o líder e mandou as tropas reprimirem a revolta que explodiu. Cerca de dois milhões de bengalis foram massacrados, outros dez milhões se refugiaram na Índia. Em abril de 1971, o substituto de Mujibur na Liga Auami, Zia-ur Rahman, exilado em Calcutá, proclamou a independência da região e o nascimento de Bangladesh, com capital em Dacca.

Yahya aumentou, mas, ao bombardear bases indianas, levou o vizinho a apoiar abertamente os rebeldes. No dia 6 de dezembro de 1971, a Índia reconheceu oficialmente a existência de uma nação bengali. Quinze dias depois, com a rendição incondicional das tropas de Yahya Khan, Mujibur Rahman saiu da prisão e assumiu o governo da República Popular de Bangladesh. No entanto, o Paquistão só viria a reconhecer o novo país em 1974.

    455555555555555555555 48429229_416262448910796_5772657666136473600_n

48415017_416262752244099_1954323098794721280_n 48387342_416262798910761_3941945822064672768_n

48375027_416262778910763_4229770340986781696_n 48371523_416262322244142_129096426176118784_n

48370346_416262308910810_2558578585925320704_n 48358772_416262532244121_7788847956353875968_n48367774_416263058910735_4821904743213301760_n48389882_416263282244046_7755086296476811264_n