[:pb]EAB’S WORLD FEST 2016[:]

[:pb]

American School held international event themed World Champions

            In order to show the cultural diversity and promote a socialization with the diplomatic community, the American School in Brasília held on April 2nd the twentieth edition of the World Fest. The entity opens space for embassies located in Brasília to build a stand to share typical dishes, craftwork and information about the countries. Due to the realization of the Olympics and Paraolympics this fall, the Word Fest theme was World Champions. The school received the paralympians to teach students and their families the value of the adapted sports.

            “This year besides typical dishes, the cultural presentations of our students and servers, the social spirit, we want to approach the respect to diversity and aware of the difficulties of the disabled people”, explained Rennan Vogel, president of the World Fest Committee. There were in total fifteen embassies attending the event focused to sports. According to Vogel, there was basketball presentations, horseback riding, archery, football, table tennis, bocce, shot put and sitting volleyball, organized by students of the Middle School. “The students could play in the paralympic athtletes shoes and experiment, in practice, overcoming their limits”, he said.

            EAB6Iranildo Spindola and Bruno Braga (picture), paralympic champion athletes of table tennis, showed all of their abilities – conquered with three hours training with the ball and three hours physical terapy. Iranildo said that he was never more prepared for conquering another medal at the Paralympics”, this time in Brazil, in September. Bruno Braga will not participate on the competitions, but he is important on the support team during the training. It is him who plays and give tips to the athletes of the Brazilian Team who will play at the Paralympic games.

Medalhista Paraolímpica, Shirlene Coelho, modalidade lançamento de dardo, (de camisa branca) posa para fotos.
Medalhista Paraolímpica, Shirlene Coelho, modalidade lançamento de dardo, (de camisa branca) posa para fotos.

The athlete Shirlene Coelho, of the athletic sports, gold medal at the Paralympics of London in 2012, World Champion in 2013 and World Record in launch darts, also participated in the World Fest. Another champion who performed at the event was David Salazar, equestrian athlete.

            The students of the High School also asked for donations and sold candy to raise fund for the Brazilian Paralympic Committee. The initiative was seen with great enthusiasm by the Director of the International Relations Committee, Luis Garcia. “It is a unique opportunity to create interest in the sport and to get close with these athletes, who are warriors”, said Garcia.

Os uniformes oficiais dos atletas paraolímpicos também foram a leilão
Os uniformes oficiais dos atletas paraolímpicos também foram a leilão

Auction – The director of the American School also held a silent auction, where the people interested wrote the values they wanted to pay to have the pieces. All items were donations given by individuals or companies. The income is reverted to the activities developed inside the School.

 

 

 

 



EAB´S WORLD FEST 2016

Escola Americana realiza evento internacional com o tema Campeões Mundiais

            Para mostrar a diversidade cultural e promover uma confraternização da comunidade diplomática, a Escola Americana de Brasília realizou, no dia 2 de abril, a 20º edição do World Fest. A entidade abre espaço para que as embaixadas sediadas na capital do Brasil montem um estande para compartilhar pratos típicos, artesanato e informações sobre os países. Devido à realização das Olimpíadas e Paraolimpíadas, nesse segundo semestre, o tema do World Fest foi Campeões Mundiais. A escola recebeu os atletas paraolímpicos para ensinar os alunos e suas famílias os valores dos esportes adaptados.

            “Esse ano além das comidas típicas, das apresentações culturais de nossos alunos e servidores e do espírito de confraternização, quisemos abordar o respeito à diversidade para conscientizar das dificuldades dos deficientes físicos”, explicou Rennan Vogel, Presidente do Comitê World Fest. Ao todo, quinze embaixadas participaram do evento também focado para o esporte. Segundo Vogel, houve apresentações de basquete, hipismo, arco e flecha, futebol, tênis de mesa, boccia, lançamento de peso e vôlei sentado, organizadas pelos alunos do Middle School. “Os estudantes puderam jogar nas condições desses atletas paraolímpicos e experimentar, na prática, a superação dos limites”, explicou.

EAB6
Os campeões Iranildo Spindola e Bruno Braga levaram as medalhas no tênis de mesa

Iranildo Spindola e Bruno Braga (foto), atletas campeões paraolímpicos de tênis de mesa mostraram toda a habilidade conquistada com três horas de treinos com a bolinha e três horas de fisioterapia. Iranildo garantiu que “nunca esteve tão bem preparado para conquistar outra medalha nas paraolimpíadas”, dessa vez, em setembro, aqui no Brasil. Bruno Braga não participará das competições, mas é importante no apoio durante os treinamentos. É ele quem joga e dá dicas para os atletas da seleção brasileira selecionados para as paraolimpíadas.

Medalhista Paraolímpica, Shirlene Coelho, modalidade lançamento de dardo, (de camisa branca) posa para fotos.
Medalhista Paraolímpica, Shirlene Coelho, modalidade lançamento de dardo, (de camisa branca) posa para fotos.

A atleta Shirlene Coelho, do atletismo, medalha de ouro nas paraolimpíadas de Londres em 2012, campeã mundial em 2013 e recordista mundial de lançamento de dardos, também participou da World Fest. Outro campeão que se apresentou no evento foi David Salazar, atleta do hipismo.

            Os alunos do High School também pediram doações e venderam doces para arrecadar fundos para o Comitê Paraolímpico Brasileiro. A iniciativa foi vista com bastante entusiasmo pelo Diretor de Relações Internacionais do Comitê, Luis Garcia. “É uma oportunidade única de criar o interesse pelo esporte e o contato mais próximos com esses atletas tão guerreiros”, disse Garcia.

Os uniformes oficiais dos atletas paraolímpicos também foram a leilão
Os uniformes oficiais dos atletas paraolímpicos também foram a leilão

Leilão – A direção da Escola Americana também promoveu um leilão silencioso, onde os interessados escreviam os valores que queriam dar pelas peças. Todos os itens foram doações dadas por pessoas ou empresas. A renda é revertida para as atividades desenvolvidas dentro da própria escola.

 

 

 

 

Alunos fizeram apresentações musicais sob os aplausos dos visitantes
Alunos fizeram apresentações musicais sob os aplausos dos visitantes
Embaixatriz do Líbano , Sana Sayah (à direita) deu uma ajuda nas vendas do stand do país
Embaixatriz do Líbano , Sana Sayah (à direita) deu uma ajuda nas vendas do stand do país
Representantes do Canadá animadas com as vendas dos produtos típicos
Representantes do Canadá animadas com as vendas dos produtos típicos

Bruno Braga posa com o casal de atletas
Bruno Braga posa com o casal de atletas
[:]