Embaixada do Japão recebe visita de alunos da rede pública

Nesta quinta-feira (01), a Embaixada do Japão participou do programa Embaixada de Portas Abertas, que promove o intercâmbio entre representações diplomáticas e instituições de ensino. O Embaixador Akira Yamada recebeu a visita de uma turma de estudantes do 6º e 7º ano do Centro de Ensino Fundamental 802 de Recanto das Emas.

Embaixador e estudante do CEF 802
Embaixador e estudante do CEF 802

As 29 crianças tiveram a oportunidade de conhecer mais sobre a cultura do Japão por meio de apresentações e brincadeiras inspiradas nos jogos típicos do país. Após explorar as instalações da embaixada, as crianças assistiram vídeos sobre o cotidiano e a educação no Japão e participaram de uma oficina de origami, a tradicional técnica japonesa de dobraduras de papel.

Depois os alunos fizeram um lanche com sorvete de matchá com doce de feijão azuki e participaram de um descontraído bate-papo com o embaixador Yamada. Ao final do passeio, os estudantes brincaram em um divertido jogo de Janken e ganharam brindes, encerrando a manhã de atividades.

“Neste ano completamos 110 anos de imigração japonesa no Brasil, e nossa amizade aumenta cada vez mais em muitos campos. Espero que estudem e conheçam ainda mais sobre o Japão, e que no futuro conheçam o Japão como estudantes, como homens de negócios, nos Jogos Olímpicos de 2020 ou mesmo como diplomatas”, declarou Yamada ao grupo de visitantes.

Embaixador e a primeira-dama Márcia Rollemberg
Embaixador e a primeira-dama Márcia Rollemberg

O programa Embaixada de Portas Abertas tem por objetivo oferecer aos estudantes conhecimentos de história, geografia, cultura e idiomas do país visitado, assim como propiciar aos diplomatas a oportunidade de conhecer Brasília e suas regiões administrativas. Na próxima terça-feira (06) o CEF 802 recepcionará os representantes da embaixada, completando o processo de intercâmbio cultural.

Esta é a primeira vez que a Embaixada do Japão participa da iniciativa, que desde 2017 já realizou 47 visitas a embaixadas no DF. “Admiro muito a cultura do Japão, um país que une a tradição à modernidade, e que tem muito respeito aos seus idosos. Agora a escola vai se tornar uma pequena embaixada do Japão em Brasília”, ressaltou Márcia Rollemberg, primeira-dama do Distrito Federal e idealizadora do programa. Como agradecimento pela recepção, ela presenteou o embaixador com uma gravura do artista Ralfe Braga.