Embaixador de Israel participa de lançamento tecnologias na área médica

TechEmerge no Brasil demonstra programa que visa aproximar provedores de saúde brasileiros

Raquel Pires

São Paulo sediou, nos dias 28 e 29 de junho,  evento de apresentação  do programa TechEmerge Health Innovation Summit. A iniciativa, criada pelo Banco Mundial e inaugurada na Índia, é um projeto inédito de conexão entre startups e empresas de tecnologia que buscam expandir seus negócios em mercados emergentes.

O lançamento recebeu um grupo seleto de convidados de aproximadamente 200 pessoas, incluindo executivos de instituições de saúde brasileiras, CEOs de empresas de tecnologia em saúde de todo o mundo e parceiros estratégicos envolvidos no âmbito de saúde.

Durante a ação foram realizadas demonstrações ao vivo de novas tecnologias, como ferramentas de engajamento de pacientes a equipamentos diagnósticos, e reuniões mediadas entre empresas e instituições de saúde. O embaixador de Israel no Brasil Yossi Shelley, esteve presente no evento e ressaltou o orgulho de estar presente na ocasião, além de ter a embaixada como uma das parceiras do projeto. Inclusive, Israel possui 8 companhias entre as 40 que fazem parte do projeto.

Para o diplomata, o projeto é importante e traz novas opções que podem beneficiar muitas pessoas. “Israel patrocina essa iniciativa porque acredita que é fundamental dar oportunidade para companhias inovadoras. Temos que dar chance para que aumentem sua visibilidade e implementem soluções em inovação”.

Segundo o diplomata, o Brasil também possui um grande potencial na área de investimentos em saúde, incluído instituições como o Hospital Israelita Albert Einstein, referência na América Latina por seus equipamentos e especialidades médicas. O Programa TechEmerge que foi lançado no Brasil, inclusive visa aproximar inovadores de todo o mundo de provedores de saúde brasileiros, buscando um melhoramento na prestação de cuidados de saúde.

Para Yossi Shelley, a parceria entre Brasil e Israel perdurará e personifica a globalização, que procura a progressão de todos que necessitam.  “Tenho certeza de que as companhias brasileiras e as israelenses tem o que é necessário para se destacar. Isso é o que a globalização significa e o que esse projeto faz: possibilitar a troca de informações para promover um desenvolvimento que melhora a vida da população”.

Após a candidatura, as empresas participantes selecionadas pela equipe do TechEmerge receberão recursos e orientações para realizar projetos de inovações tecnológicas no mercado brasileiro, com o objetivo final de realizar uma implementação comercial mais ampla da tecnologia.