Estado de Israel traz novas tecnologias ao Brasil

O embaixador de Israel, Yossi Shelley.

Isabel Almeida

Apresentação de dança, música e comidas típicas do país foram as atrações das quais o embaixador Yossi Shelley comemorou os 70 anos do Estado de Israel, numa festa realizada na sede da embaixada israelense, em Brasília. O evento contou com presença de políticos, autoridades e da comunidade israelense. “Estou empenhado em trazer tecnologias avançadas de Israel para o Brasil. A primeira delas foi implantada recentemente na segurança da cidade de Fortaleza/CE, que contará com câmeras de segurança capazes de captar armas de fogo, com a polícia sendo imediatamente acionada”, contou Shelley.

Para o embaixador, Israel vem conquistando espaço mundial na área tecnológica com muito trabalho e determinação. “Sobrevivemos e nos desenvolvemos no deserto, mas chegamos longe”, observou. Shelley deu exemplos de inovações israelenses, como a construção e o lançamento de satélites. Também afirmou que seu país é um dos líderes mundiais na dessalinização e reciclagem de água. “Israel criou a irrigação por gotejamento”, contou aos presentes.

Atualmente, o Estado de Israel é um dos mais poderosos, econômica e militarmente, no mundo. É também um dos que possui uma das mais eficientes e temidas polícias secretas desde o fim da Segunda Guerra Mundial: A Mossad. À despeito de sua curta existência enquanto Estado – Israel só foi oficializado e reconhecido como país em 1948 – desde então o pequeno país vem se destacando perante o mundo com novas tecnologias.