IICA aprofunda cooperação com México em vigilância sanitária

Manuel Otero (esq.), diretor-geral do IICA, cumprimenta José Eduardo Calzada Rovirosa, titular da Sagarpa. Ao fundo, a representante do IICA no México, Gloria Abraham.

Cidade do México . O Instituto Interamericano de Cooperação para a Agricultura (IICA) e o Serviço Nacional de Saúde, Segurança e Qualidade Agroalimentar do México (Senasica) concordaram em intensificar suas ações conjuntas para dar impulso à produção e ao comércio do país, informou hoje, 05, Manuel Otero, diretor-geral deste organismo que promove o desenvolvimento agropecuário nas Américas. O México foi o terceiro destino de uma jornada de Otero que incluiu o Canadá e os Estados Unidos. Nesses países, ele se encontrou com representantes de organismos multilaterais de crédito, de ONGs e do setor privado.

Otero assinalou que as novas ações de coooperação com o México estarão concentradas no reforço do apoio do IICA para as biofábricas, na luta contra a Mosca da Fruta e a Mosca do Mediterrâneo. O Senasica têm atribuições similares às da Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária), do Brasil.

Frutos de um trabalho conjunto com o Senasica, os acordos permitirão o fortalecimento e a consolidação de um trabalho fundamental para o IICA: a preservação do status fitossanitário do México que, ao erradicar a Mosca do Mediterrâneo, conseguiu realizar nos últimos anos exportações de cerca de 250 espécies de frutas, verduras e hortaliças, que totalizaram US$ 32 bilhões.

Otero encerrou hoje uma visita de cinco dias ao México com seu encontro com José Eduardo Calzada Rovirosa, secretário de Agricultura, Pecuária, Desenvolvimento Rural, Pesca e Alimentação (Sagarpa), com quem tratou de assuntos relacionados à Ciência e Tecnologia, integração de cadeias de valor e abertura de mercados.

 “Houve uma total coincidência de posições nos temas tratados com o titular da Sagarpa, que desenvolveremos mais durante a próxima visita do secretário Calzada Rovirosa à sede do IICA, em São José da Costa Rica”, disse Otero, que compareceu à reunião acompanhado da representante do IICA no México, Gloria Abraham.

 Para a continuidade e a ampliação do trabalho realizado conjuntamente pelo IICA e o governo mexicano, o diretor-chefe do Senasica, Enrique Sánchez Cruz, visitará no próximo mês de maio a sede do IICA, onde participará de uma ação tripartite – México, Guatemala e Estados Unidos – sobre o combate as pragas agrícolas.

 Em outro resultado concreto da visita de Otero ao México, o diretor-geral da IICA anunciou o fortalecimento do trabalho conjunto com a Sagarpa na luta contra a ferrugem do café. Como parte do Programa Cooperativo Regional para o Desenvolvimento Tecnológico e a Modernização da Cafeicultura (Promecafe), o IICA realiza em Honduras, em El Salvador, na Guatemala e na Nicarágua projetos de combate ao fungo que causa a ferrugem do café, uma praga com potencial devastador. Para consolidar esses laços, Jorge Armando Narváez, subsecretário de Agricultura da Sagarpa, visitará a sede do IICA em maio.

Otero manteve também reuniões com os subsecretários de Desenvolvimento Rural da Sagarpa, Jesús Alcántara, e de América Latina e Caribe da Secretaria de Relações Exteriores, Luis Alfonso de Alba. Nesses encontros, o diretor-geral do IICA destacou a importância do setor agropecuário do México e seus desafios diante dos efeitos da mudança climática, da necessidade de atualização na tecnificação e do êxodo da população rural para as cidades.

 “O México é um país-chave para o desenvolvimento das Américas, e o IICA continuará oferecendo sua experiência para fortalecer a atividade agrícola do país, principalmente nas regiões menos favorecidas e competitivas, e para apoiar a sua modernização”, disse.

Otero sublinhou que o IICA trabalhará para fortalecer projetos mexicanos, como o “Mesoamérica Sem Fome”, uma iniciativa de cooperação em segurança alimentar e nutricional em Belize, Colômbia, Costa Rica, El Salvador, Guatemala, Honduras, Nicarágua, Panamá e República Dominicana. Da mesma forma, atuará em favor dos programas de cultivo de hortas por famílias, especialmente para mulheres e jovens, para que produzam e consumam produtos frescos e saudáveis a baixo custo.

Mais informações: Silvia López  – Responsável pela Comunicação do IICA México silvia.lopez@iica.int

José Alfredo Alpízar Coordenador de Imprensa e Difusão do IICA jose.alpizar@iica.int

Fonte : IICA