Independência da Turquia é comemorada com festa e concerto musical

A Data Nacional do país foi celebrada em dois eventos animados que contaram com música e a despedida do embaixador turco que se aposenta este ano

Raquel Pires

Fotos: Eliane Loin

A Embaixada da Turquia comemorou o 95º aniversário de independência com uma recepção organizada na sede da representação diplomática pelo Embaixador Ali Kaya e um concerto da dupla turca Mehmet Yasemin e Eren Aydogan, no Cine Brasília. A data marca a intervenção de Mustafa Kemal Atatürk, que após declarar a república no país e votar na Grande Assembleia Nacional em 29 de outubro de 1923, foi eleito primeiro presidente da República da Turquia.

O embaixador da Turquia Ali Kaya Savut
O embaixador da Turquia Ali Kaya Savut

A festividade ocorreu na segunda-feira (29) e contou com a presença do Ministro da Justiça Torquato Jardim, diplomatas, jornalistas, turcos e amigos. Já a apresentação dos músicos vindos diretamente da Turquia ocorreu na terça-feira (30), juntamente com a Orquestra Sinfônica do Teatro Nacional.

No evento de segunda-feira, o embaixador da Turquia Ali Kaya Savut, agradeceu a presença dos convidados, a cordialidade e carinhos dos brasileiros. Especialmente porque o diplomata aproveitou o seu discurso para se despedir, após ficar dois anos no Brasil, e anunciar sua aposentadoria. Ele também ressaltou as relações diplomáticas entre Brasil e Turquia, que sempre foram boas,  devendo sempre permanecer fortes pois já duram 160 anos.

O presidente da Turquia, Recep Tayyip Erdoğan, mandou uma mensagem que foi lida para todos os presentes na festa. Nela, Erdoğan afirmou que continuará trabalhando para que a Turquia cresça cada vez mais.  “Em nossa luta para levar nosso país acima do nível da civilização contemporânea, vejo cada passo que damos para uma democracia avançada e uma economia forte como uma esperança para o nosso glorioso futuro”, dizia.

 IMG_0377     IMG_0376

Deliciosas comidas típicas e muita música embalaram os presentes na festa que ocorreu na sede da embaixada. Fogos de artificio também abrilhantaram a noite, embelezando o céu.

 IMG_0515       IMG_0556

Concerto Turco – Na terça-feira (30), a comemoração turca continuou no Cine Brasília, com a Orquestra Sinfônica do Teatro Nacional Claudio Santoro, sob regência do Maestro Claudio Cohen e participação especial dos artistas turcos Mehmet Yasemin, violinista, e Eren Aydogan, pianista.

IMG_0662_Easy-Resize.comA orquestra sinfônica apresentou obras de Carlos Gomes, Yasemin performou Henryk Wieniawski e Aydogan, Maurice Ravel. Para fechar o concerto, também tocou o repertório do Georges Enescu.

Nascido em İzmir, Turquia, Mehmet Yasemin começou sua educação musical em 1989 no Conservatório Estadual Dokuz Eylul İzmir. Yasemin continua a se apresentar regularmente com o Trio Hermias na Turquia e na Europa, e também atua na faculdade do Conservatório Estadual de Belas Artes da Universidade Mimar Sinan desde 2012.

   IMG_0691_Easy-Resize.com       IMG_0685_Easy-Resize.com

Já Eren Aydoğan começou sua carreira no Conservatório Estatal da Universidade de Istambul aos 11 anos de idade. Com 16 anos, graduou-se no conservatório e ganhou bolsa integral para estudos de pós-graduação no Trinity College of Music, em Londres, Inglaterra. Durante seus estudos de pós-graduação, Aydoğan ganhou vários prêmios em competições de piano e música de câmara. Atualmente, atua na faculdade do Conservatório Estadual de Mimar Sinan, Istambul.

História – A dissolução do Império Otomano, controlado pelos turcos, foi uma consequência direta da Primeira Guerra Mundial, quando as potências aliadas derrotaram as potências centrais na Europa e as forças otomanas no teatro do Oriente Médio. Ao final do conflito, o governo otomano entrou em colapso e o Império foi conquistado e partilhado entre as potências vitoriosas. Nos anos seguintes, diversos novos Estados independentes emergiram a partir do território otomano, cuja parte central se tornou a República da Turquia.

O tratado de Sèvres, celebrado em agosto de 1920 entre o Império Otomano e as potências aliadas na Primeira Guerra Mundial, formalizou a paz entre as partes após o conflito e determinou o desmembramento do território otomano. A Turquia foi dividida entre as potências aliadas, e Istambul permaneceu sob controle turco.

Porém, uma articulação contra os aliado começou, dando origem a Guerra de Independência Turca. Nela, o comandante Mustafá Kemal, recrutou um exército, expulsou as tropas gregas, italianas e francesas, enfrentou a República da Armênia e chegou a ameaçar os britânicos. Os revolucionários turcos também formaram um parlamento em Ancara.

Finalmente, a proclamação da república foi declarada em 29 de outubro de 1923. O califado – último resquício imperial – foi oficialmente abolido meses depois, em 3 de março de 1924 e Kemal foi escolhido para o cargo de primeiro Presidente da nova república.

     IMG_0630 IMG_0632

     IMG_0381 IMG_0622

     IMG_0384 IMG_0385

     IMG_0387 IMG_0390

     IMG_0395 IMG_0398

     IMG_0399 IMG_0561

     IMG_0612 IMG_0615

     IMG_0589 IMG_0595

     IMG_0447 IMG_0451

     IMG_0454 IMG_0537

     IMG_0550 IMG_0551

     IMG_0597 IMG_0598