Merengue sinfônico em homenagem à República Dominicana

Belarus 129Para celebrar o 175º aniversário da independência do país, embaixada promove concerto inédito

Raquel Pires

Uma atração musical diferenciada foi apresentada ao público brasiliense na última terça-feira (26), no cine Brasília, na comemoração da Data Nacional da República Dominicana, oficialmente dia 27 de fevereiro. Para interpretar canções misturando o merengue popular dominicano e seus instrumentos característicos com a música clássica foram convidados a Orquestra Sinfônica do Teatro Nacional Claudio Santoro e o maestro dominicano Ramon Orlando Valoy. A combinação agradou a plateia que lotou o cinema. Incentivados, alguns convidados se levantaram para dançar o novo estilo, o Merengue Sinfônico.

Belarus 114A produção contou com 10 arranjos musicais realizados pelo maestro Valoy e orquestração de Eugenio Van Der Horst, além da participação dos músicos dominicanos Júlio César Felix Rivas, José Rafael Diaz Guzman, Humberto Flores Miliano e Julio César Felix Vilorio, para se juntar à Orquestra Sinfônica Brasileira.

O Concerto de Merengues Sinfônicos é um projeto criado e produzido pela própria embaixada com o apoio da Orquestra Sinfônica do Teatro Nacional e da Secretaria de Cultura do Distrito Federal.  A ideia teve como objetivo fazer uma nova leitura do merengue através da execução pela Orquestra Sinfônica.

O embaixador da República Dominicana, Alejandro Arias Zarzuela
O embaixador da República Dominicana, Alejandro Arias Zarzuela

O embaixador da República Dominicana, Alejandro Arias Zarzuela, declarou que a noite era destinada a privilegiar, o que nas suas palavras, é um dos bens culturais que fazem do dominicano um povo animado e que encara os seus desafios com um sorriso e com a alegria da música: o merengue. “Em 2017, o nosso contagiante merengue, foi declarado patrimônio intangível da humanidade e, a partir desse acontecimento, virou elemento de identidade nacional que já se enraizava desde o início da nossa história”.

IMG_9563Negócios – Antes do concerto, o diplomata discursou e em sua fala afirmou que a República Dominicana vem crescendo economicamente, registrando uma série de avanços, que segundo ele, consolidam o país cada vez mais. “Em 2018, nossa economia cresceu 7%, consolidando um ciclo que registra uma média de crescimento ao ano de 5,4% no PIB nos últimos 25 anos. Ao mesmo tempo, registramos no ano passado uma taxa de inflação de 1,2%, a menor apontada nos últimos 34 anos”.

De acordo com esse crescimento, outros segmentos do país crescem, como o turismo. Zarzuela, salientou que em 2018, chegaram ao país 6,5 milhões de turistas, e 1 milhão de visitantes em cruzeiros, totalizando 7,5 milhões de turistas e visitantes em 2018. O embaixador afirmou ainda que em 2019 o intuito do setor é continuar crescendo. “Temos previsão de construção de 5 mil novas habitações hoteleiras, somando-se às mais de 85 mil já existentes no país, além de conseguir que as nossas exportações e a atração de investimentos estejam estrategicamente vinculadas a uma visão de desenvolvimento nacional”, anunciou.

O ministro das Relações Exteriores da República Dominicana, Miguel Vargas é recebido pelo ministro interino das Relações Exteriores, embaixador Marcos Bezerra Abott Galvão, para reunião de trabalho no Itamaraty
O ministro das Relações Exteriores da República Dominicana, Miguel Vargas é recebido pelo embaixador Marcos Bezerra Abott Galvão, para reunião de trabalho no Itamaraty

A relação com o Brasil também não ficou de fora do discurso. Segundo o diplomata, ela vem sendo estreitada com uma série de acordos bilaterais. “Em maio do ano passado, as relações entre os países tiveram impulso com a visita do Ministro das Relações Exteriores, Miguel Vargas a Brasília.

Tivemos a assinatura de seis novos atos bilaterais em áreas fundamentais para os nossos interesses recíprocos, bem como o início dos trabalhos de construção da sede da Embaixada da República Dominicana no Brasil, na qual a inauguração será em maio”, anunciou Zarzuela.

IMG_9620Belarus 144

o maestro dominicano Ramon Orlando Valoy com a Diretora da revista Embassy Brasília, Liz Lôbo
o maestro dominicano Ramon Orlando Valoy com a Diretora da revista Embassy Brasília, Liz Lôbo

    IMG_9475 IMG_9478

     IMG_9487 IMG_9490

     IMG_9492 IMG_9494

     IMG_9471 IMG_9499

     IMG_9501 IMG_9507

     IMG_9516 IMG_9512

     IMG_9519 IMG_9520

     IMG_9532 IMG_9534

     IMG_9543 IMG_9550