Por que os passaportes têm cores diferentes

Veja quais documentos permitem que o turista entre sem visto no maior número de países

Folha de S. Paulo

Já se questionou alguma vez sobre o porquê de os passaportes serem de cores diferentes, dependendo do país? Por que há passaportes vermelhos, bordôs, azuis, verdes ou roxos?

De acordo com Hrant Boghossian, vice-presidente do Arton Group, que administra a base de dados interativa do site Passport Index, o tom de cada passaporte nacional é derivado de apenas quatro cores principais: o vermelho, o verde, o azul e o preto.

As regras que determinam a forma como os passaportes devem ser (incluindo o tamanho e o formato) são emitidas pela Icao (Organização Internacional de Aviação Civil). Mas os governos de todo o mundo podem escolher a cor e o design do documento nacional, existindo muitos cenários possíveis para explicar a razão para ser de uma determinada cor.

Os passaportes dos países da UE (União Europeia) tendem a ser bordô, enquanto os Estados da Caricom (Comunidade do Caribe) costumam usar o azul, por razões que podem ser geográficas ou políticas.

“Há quem diga que o bordô tem a ver com uma história comunista”, disse o Hrant Boghossian. Já os passaportes azuis podem ser um símbolo do Novo Mundo para os países da América do Norte, da América do Sul e da Oceania. “O passaporte da Turquia mudou para bordô, pois o país espera vir a juntar-se à UE”, afirmou.

Para outros países, a cor do passaporte ter um significado religioso, como o Marrocos, o Paquistão e a Arábia Saudita, que têm documentos em diferentes tons de verde. “A maioria dos estados islâmicos usa passaportes verdes por causa da importância dessa cor para a sua religião”, disse Boghossian.

Acredita-se que o verde foi a cor preferida do profeta Muhammad e é “um símbolo da natureza e da vida”, aparecendo nas bandeiras nacionais de países islâmicos como o Afeganistão e o Irã.

Outros Estados escolhem a cor como forma de se distinguir e refletir a sua identidade –é o caso da Suíça, cujo passaporte é vermelho vivo. Singapura tem uma cobertura brilhante entre a cor de laranja e o vermelho, enquanto o passaporte temporário do Canadá, usado por viajantes que precisam de documentos de viagem de emergência, tem uma capa branca.

Os Estados Unidos viram o seu passaporte mudar de cor várias vezes, desde vermelho para verde e agora azul.