Ucrânia quer fortalecer parceria em educação com o Paraná

Entre as propostas debatidas na segunda-feira (28) entre o governador Ratinho Junior e o embaixador Rostyslav Tronenko, está o envio de estudantes para intercâmbio na Ucrânia, que já oferece bolsas de estudos para jovens da comunidade ucraniana paranaense

Embaixada da Ucrânia

O governador Carlos Massa Ratinho Junior e o embaixador da Ucrânia no Brasil, Rostyslav Tronenko
O governador Carlos Massa Ratinho Junior e o embaixador da Ucrânia no Brasil, Rostyslav Tronenko

O fortalecimento das parcerias nas áreas da educação, agricultura, infraestrutura e segurança pública foi debatido nesta segunda-feira (28) em reunião, no Palácio Iguaçu, entre o governador Carlos Massa Ratinho Junior e o embaixador da Ucrânia no Brasil, Rostyslav Tronenko.

Acompanhado de lideranças da comunidade ucraniana do Paraná, o diplomata entregou a Ratinho Junior um memorando de entendimento enviado pelo governador da região de Lviv, Oleg Synyutka, manifestando o interesse em ampliar as relações com o Estado.

Entre as propostas debatidas está o envio de estudantes brasileiros para intercâmbio no país europeu, que já oferece bolsas de estudos para jovens da comunidade ucraniana paranaense.  “Uma das prioridades da nossa gestão é o programa Ganhando o Mundo, que busca oferecer bolsas de intercâmbio a estudantes do Estado e vai ao encontro desse projeto do governo da Ucrânia”, afirmou o governador.51299046_2315338708699947_81785243991801856_n

Com cerca de 500 mil descendentes, a comunidade ucraniana do Paraná é a maior da América Latina. “A comunidade ucraniana é muito importante para o Paraná. Temos o máximo interesse em fortalecer e ampliar as parcerias com o País”, destacou.

Cidades como Prudentópolis e Mallet, no Centro-Sul do Estado, além de Curitiba e São José dos Pinhais, abrigam o maior número de descendentes ucranianos. De acordo com Tronenko, o Paraná é parceiro estratégico do país europeu. “Desde os meados dos anos 1990 várias regiões da Ucrânia mantêm laços estreitos com o Estado do Paraná e com a cidade de Curitiba”, disse.

51014170_2315338512033300_3443327611084734464_n“Trouxe uma proposta concreta do governador de Lviv, de onde vem a maior parte dos brasileiros de origem ucraniana, que oferece uma parceria em várias áreas que coincidem com as prioridades do novo governo”, ressaltou o embaixador.

PRESENÇAS – Participaram da reunião a embaixatriz Fabiana Tronenko; e sua filha, Mariana Tronenko; o cônsul honorário da Ucrânia e vice-presidente da Representação Central dos Ucranianos no Brasil, Mariano Czaikowski; os presidentes da Central dos Ucranianos no Brasil, Vitório Sorotiuk; e da Sociedade dos Amigos da Cultura da Ucrânia, Tarás Dilay; o economista Methodio Groxko e o engenheiro Israel Kravetz.

       50962090_2315338525366632_1944267171605512192_n 51064652_2315338615366623_4450665856254345216_n

       51137502_2315338888699929_8887796672831160320_n 51375036_2315338582033293_8978511046457163776_n